Bradesco BBI define Petrobras (PETR4) como top pick do setor

O Bradesco BBI reorganizou as suas preferências para as ações do setor de petróleo e gás no Brasil tendo visão dos riscos à frente e o cenário de tapering (queda dos estímulos nos EUA com redução do programa de compra de títulos). “Agora, as preocupações do mercado parecem estar crescendo com potencial encaminhamento do tapering nos EUA”, apontam os analistas.

Nesse sentido, os analistas definiram PETR4 como ação preferida no setor.

A petroleira estatal é a sua principal escolha para se expor ao petróleo, uma vez que a estatal deve sofrer menos com uma possível retração nos preços da commodity. Isso pelo menos até a aproximação das eleições.

“Um cenário de preço do petróleo mais suave pode melhorar as manchetes do preço do combustível e as tentações de interferir na política de preços da empresa”, avaliam os analistas.

Enquanto isso, seu fluxo de caixa livre do acionista (FCFE) é notavelmente avançado em comparação com empresas puras de exploração e produção, a ponto de o próximo rendimento de dividendos de 6 a 9 meses chegar a 22%. “Notícias sobre um potencial fundo de estabilização de combustível também podem ser positivas. Por enquanto, é nossa principal escolha”, ressaltam.

O banco mantém recomendação outperform (exposição acima da média do mercado) para ações PN da Petrobras, e preço-alvo de R$ 42,00, com potencial de valorização de mais de 60%.

Deixe uma resposta